Frei Chico
É preciso anular todos os processos fraudulentos contra o ex-presidente e exigir sua liberdade imediata.
3 Shares
frei-chico-2 (1)
"Tem que ficar em casa, sim, mas livre e solto." Foto: (Evandro Éboli/VEJA) |

 

Da redação – Frei Chico, irmão de Lula, e outros familiares visitaram o ex-presidente na última quinta-feira, na superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, onde o preso político está há mais de 500 dias.

Chico se colocou contra a ingressão de seu irmão para o regime semiaberto. “Ele ir para casa nessa condição é, para mim, ir como um bandido. Não é correto. Tem que ficar em casa, sim, mas livre e solto. Absolvido! E agora que o Supremo (STF) está perto de julgar. Na minha opinião, deve continuar enfrentando. Se precisar, que fique mais dois ou três anos. É a história dele em jogo. Nâo é qualquer coisinha, não!”

O Ministério Público Federal pediu à Justiça na última sexta-feira que Lula vá para o regime semiaberto.

Frei Chico está correto. A Lava Jato está procurando conter a crise criada com a prisão do ex-presidente, mas de forma a manter Lula preso. Isso deve ser combatido. É preciso anular todos os processos fraudulentos contra o ex-presidente e exigir sua liberdade imediata.

Relacionadas