Americanos inventaram confisco
Presidente Hassan Rohani desmentiu informação de que EUA confiscaram petroleiros
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Teerã (IRAN) 05 01 2020-I O presidente Hassan Rohanirã disse que acordo assinado de enriquecimento de urânio no país não  será respeitado depois da morte do general Qassim Soleimani pelas tropas dos Estados Unidos. Foto Presidencia Iran(Via Fotos Publicas)
Hassan Rohani desmentiu Casa Branca | Foto: Presidência Irã(Via Fotos Publicas)

O presidente do Irã, Hassan Rohani, chamou de “notícia falsa” a história difundida pelo governo dos Estados Unidos, que alegou ter confiscado 4 navios petroleiros carregados com combustível iraniano e destino à Venezuela.

“Após sofrer uma derrota política, os americanos afirmaram ter confiscado quatro navios iranianos em águas internacionais. Contudo, nem os petroleiros eram iranianos, nem bandeira iraniana tinham. Trata-se de uma notícia falsa”, declarou o presidente Rohani durante uma reunião da Sede Nacional para Gestão e Luta contra o Coronavírus em Teerã.

De maneira menos diplomática, o embaixador iraniano na Venezuela, Hojat Soltani, foi ao Twitter anunciar que a notícia divulgada pelo governo americano era “mentira e guerra psicológica da máquina de propaganda dos EUA.”

Ambos qualificaram a mentira do governo americano como resultado da derrota política sofrida pelo regime norte americano, que não conseguiu manter os embargos contra o país persa. Na reunião do Conselho de Segurança, ocorrida no último dia 14 de agosto, a resolução dos EUA para extender o embargo de armas ao Irã, que expira em outubro, fora derrotada. Fora os EUA, apenas a República Dominicana apoiou a medida.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Relacionadas