Imperialismo forja acusações
Governo iraniano responde a propaganda imperialista sobre a queda do avião ucraniano. Estados Unidos e Canadá fazem forte campanha contra o país persa, anunciando sua culpa
2020-01-08t105938z_384075286_rc2mbe96oi26_rtrmadp_3_iran-crash_0
Imperialismo atacar Irã de todos os lados. Foto: Nazanin Tabatabaee/WANA/REUTERS |

Após a resposta do Irã ao ataque assassino do imperialismo norte-americano que matou importantes nomes da política iraniana, como o general Soleimani, o imperialismo voltou a propagar uma campanha de provocação contra o país.

Com a morte do general, um clamor popular por uma resposta surgiu em todo país, e assim bases dos Estados Unidos no Iraque foram atacadas utilizando-se de dezenas de misseis. Contudo, pouco tempo antes, um avião que saía de Teerã, capital do Irã, em direção a Kiev, capital ucraniana, de repente caiu, levando à morte de 176 pessoas, sendo a maioria delas do país persa.

O caso envolvendo o Boeing 737 da Ukraine Airlines, está tomando grandes proporções na imprensa imperialista. A caixa preta do avião foi encontrada danificada, mas antes mesmo de serem feitas quaisquer analises, jornais como The New York Times já divulgam que a derrubada do avião seria de autoria iraniana.

O presidente Donald Trump, assim como o criminoso serviço de inteligência norte-americano, contando com o apoio de países como Canada e Reino Unido, corresponderam de acordo com esta propaganda, anunciando que o avião teria sido derrubado pelo sistema anti-míssil do Irã.

Tal acusação, que surge sem quaisquer provas, é uma afronta completa ao governo iraniano. De acordo com os mesmos, esta nada mais é que uma propaganda imperialista, e que a derrubada do avião pelo sistema de defesa iraniano é “cientificamente impossível”.

Além disso, o país rebate as acusações criminosas do imperialismo e declara um completo absurdo achar que o Irã iria derrubar um avião onde na sua maioria comportava passageiros do próprio país. Na realidade, toda esta campanha presente na imprensa imperialista de muito lembra as tipicas farsas montadas no passado que serviram como justificativa para um completo ataque.

Acusações deste teor, sem quaisquer provas, levantam a suspeita de que na verdade o próprio imperialismo poça estar envolvido com a queda do avião, que após decolar teria perdido completamente o contato com a torre.

Atualmente uma série de investigações estão sendo feitas, principalmente com a presença de entidades imperialistas, já figuras como Donald Trump e Trudeau -primeiro-ministro canadense- não cessam suas “embasadas” especulações, sobretudo após determinadas imagens que “comprovariam” as causas das mortes terem sido lançadas na internet.

Vale lembrar que assim se desenvolve mais uma campanha contra um país oprimido. Hoje o Irã, atacado de todos os lados pelo imperialismo está sofrendo uma de uma duríssima propaganda em todos os jornais burgueses. Analisar quaisquer fatos deste conflito sem esta perspectiva é se guiar por uma mera campanha de desinformação, da qual forma as bases para uma política real de intervenção imperialista.

Relacionadas