Internacional
Os espião colaborou com Israel e Estados Unidos, entregando a localização de Qasem Soleimani, que foi assassinado em um ato terrorista pelos EUA em janeiro
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
general soleimani 2
General Soleimani | Foto: Reprodução

O Irã identificou e irá punir com a pena de morte um espião que entregou dados sobre a localização de Qasem Soleimani, líder da Força Quds e do Exército dos Guardiões da Revolução Islâmica, aos Estados Unidos e a Israel. O espião colaborou com o imperialismo em troca de dinheiro.

Soleimani foi assassinado em janeiro, enquanto fazia uma viagem ao Iraque. Seu assassinato foi feito por meio de um drone dos EUA, que jogou uma bomba no local em que ele se encontrava, abrindo ainda mais a crise entre os países árabes e o imperialismo.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Relacionadas