Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

Em uma votação escandalosa pela intervenção militar no Rio de Janeiro, a bancada do PDT, de Ciro Gomes, foi atrás da proposta golpista e se colocou favorável a esta medida horrenda. A medida sepulta de vez a suposição de que o Partido Democrático Trabalhista, de Leonel Brizola e Darcy Ribeiro, pudesse ainda sustentar uma posição de esquerda.

Dos 21 deputados do partido na Câmara, 15 estavam presentes e votaram a favor do decreto golpista. Até mesmo partidos direitistas, como PMDB, PSDB e PP, não foram unânimes a favor da intervenção.

Ciro era visto por muitos da esquerda como uma alternativa a Lula, um defensor da burguesia nacional, que pudesse ser um político de centro-esquerda. O que acontece agora é que todas essas ilusões caem por terra, e o ex-PSDB segue direitinho a cartilha da direita golpista, inclusive atacando a “bola da vez” do imperialismo e pedindo a prisão de Lula.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Relacionadas