Direita golpista: parlamentares querem intervenção militar também no Acre

intervenção-federal

Um grupo de senadores e deputados do Acre está pedindo ao golpista Michel Temer a intervenção militar no estado, em razão, segundo eles, do “descontrole na segurança pública”.

Segundo um dos senadores, Sérgio Petecão (PSD-AC), o governo do Acre deixou de investir dinheiro público na segurança do estado.

Coincidência ou não todos os deputados e senadores pertencem a partidos que deram apoio ao golpe de Estado contra a presidenta Dilma Rousseff.

Outra coincidência é que o senador citado é um dos que mais gastam verbas públicas com penduricalhos do mandato, 1,2 milhão de reais, para ser mais exato.

Usam a desculpa da violência urbana para justificar o golpe contra mais um estado federado, o mesmo artifício que já foi usado contra o Rio de Janeiro, Alagoas, Rio Grande do Norte, dentre outros.

Progressivamente, os militares ampliam cada dia mais seu controle sobre o regime político.