Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Rio de Janeiro -  Operação do Comando Conjunto das forças de segurança no Complexo do Lins de Vasconcelos, zona norte da cidade. (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
|

Da redação – Na manhã desta quinta-feira (7) uma operação envolvendo mais de 5 mil militares, e mais uma centena de policiais civis e militares bloqueou a autoestrada Grajaú-Jacarepaguá às 6h da manhã durante 5 horas. A operação envolveu mais de 6 comunidades em Jacarepaguá, sendo elas Cidade de Deus, Gardênia Azul, Outeiro, Vila do Sapê, Parque Dois Irmãos e Morro da Helena. A operação assassinou 1 civil e prendeu outros 13, e com isso os militares relataram que apreenderam 3 pistolas, uma gramada e 60 quilos de maconha.

Essa operação organizada pelo Comando do Leste (CL) foi bem maior que sua antecedente, que ocorreu na Vila Kennedy. Segundo os militares essa operação tinha como objetivo tirar as barricadas, fazer o cercos das comunidades, e revistar moradores e veículos. A polícia civil esteve nas comunidades para realizar uma das práticas mais fascistas existentes; “checar” os antecedentes criminais e os cumprimentos de mandatos judiciais de todo morador que eles considerem “suspeito”. Para essa operação, além dos soldados, foram mobilizados: blindados, aeronaves e equipamentos de engenharia.

Os militares foram para o Rio para realizar uma experiência de intervenção militar no país e conter qualquer revolta popular que possa acontecer na capital carioca, e não para resolver o problema da violência na cidade como aponta o PIG (partido da imprensa golpista) e acredita o burguês fluminense. Volta e meia eles realizam uma operação em uma comunidade, ou nesse caso em 6, desfilando soldados e aparatos bélicos, para que a classe média não se questione muito sobre a razão dos militares estarem na metrópole, e também, para tentar amedrontar o trabalhador lhe dando uma “amostra” do que aconteceria se ele tentasse se rebelar contra a situação política do país.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas