Internacional faz boa partida, vence em casa e se afasta da zona da degola

internacional

Em partida complementar à sexta rodada do Brasileirão 2018, realizada na noite de segunda-feira, no Beira Rio, em Porto Alegre, o Internacional recebeu a visita de outro time do sul do país, a Chapecoense, de Santa Catarina e obteve uma consistente vitória sobre o adversário. O resultado deixou o time da capital gaúcha em posição menos desconfortável na tabela, uma vez que o time colorado, ate então, estava posicionado entre os cinco últimos colocados. Ao bater o adversário, o time de Porto Alegre subiu para a décima posição, alcançando os oito pontos.

O Inter construiu o placar como resultado do futebol mais bem organizado que apresentou em relação ao adversário, principalmente na forte marcação que exerceu no meio de campo e nas saídas rápidas ao ataque. Na primeira etapa, porém, o time de da cidade de Chapecó esteve muito bem, indo por alguma vezes ao ataque, levando perigo ao gol colorado. Uma bola chitada por Welinton Paulista, de fora da área, foi explodir na trave esquerda do goleiro do Internacional.

O panorama somente foi alterado aos trinta e oito minutos, quando os donos da casa, finalmente, depois de várias tentativas, abriram o placar, numa bola arrematada por Lucca, de fora da área, rasteira, no canto esquerdo de Jandrei. O bom goleiro da Chape nada pôde fazer. A primeira etapa foi encerrada com o time da casa em vantagem, mas nada ainda estava definido, pois os visitantes tiveram uma boa atuação.

Na etapa complementar, no entanto, os anfitriões voltaram com a mesma disposição e decididos a confirmar os três pontos. Mantendo a mesma pegada forte, o time gaucho partiu para cima e encurralou a Chape, com forte presença no campo do adversário. O segundo gol saiu como resultado dessa pressão e foi marcado aos quinze minutos, numa fulminante cabeçada de Moledo, depois de uma falta cobrada do lado esquerdo do ataque, onde a bola foi alçada à área. O goleiro Jandrei ainda chegou a tocar na bola, mas não o suficiente para evitar o gol e a ampliação do marcador.

Com a vantagem no placar, os donos da casa desaceleraram, mas não perderam a concentração. E foram em busca da confirmação da vitória, encontrando-a aos trinta e nove minutos, novamente numa cabeçada, executado por Patrick, desta vez colocada, por cima do goleiro, pegando-o no contrapé, que se esticou, mas não conseguiu impedir o terceiro gol do Inter. Foi o típico gol para “fechar o caixão”, como se diz na gíria futebolística. A derrota deixou a Chapecoense com seis pontos, na décima sexta posição, sendo o primeiro fora da zona da degola.

Na próxima rodada, o Internacional vai encarar o atual campeão brasileiro, o Corinthians. A partida será realizada no Beira Rio, em Porto Alegre. A Chapecoense, por sua vez, visitará o Fluminense, onde tentará manter uma escrita de vários jogos sem perder para o tricolor carioca.