Universidade Marxista
Aprofundar os conhecimentos sobre erros históricos é o melhor meio de não repeti-los no presente
Stalinismo
Inscreva-se: https://universidademarxista.pco.org.br/ | Foto: Diário Causa Operária
Stalinismo
Inscreva-se: https://universidademarxista.pco.org.br/ | Foto: Diário Causa Operária

Se você ainda não se inscreveu no curso de Formação Marxista mais tradicional do País, saiba que ainda dá tempo. A Universidade Marxista do Partido da Causa Operária, que acontece há mais de duas décadas, este ano, em função da Pandemia do Coronavírus, tem sido ministrada de forma online, nos meses de Janeiro e fevereiro próximo. Sob o tema “O que foi o Stalinismo”, Rui Costa Pimenta, presidente do partido, apresenta uma análise marxista, seguindo preceitos materialistas, históricos e dialéticos em torno do tema.

O stalinismo é tópico recorrente de inúmeras discussões, porém de pouco conhecimento geral. Deste modo, o Partido da Causa Operária reconheceu a necessidade de abordar tal assunto para desmistificar concepções idealizadas em torno da personagem de Joseph Stalin, particularmente no período em que foi líder máximo da  União Soviética. Stalin é frequentemente apresentado como herói ou vilão: duas análises profundamente apaixonadas, porém pouco realistas e não marxistas do assunto. Isso se prova com o renascimento atual de mistificações stalinistas as quais se subdividem em dois pontos: por um lado, a ideologia burguesa apresenta as falhas do governo de Stalin como prova de inviabilidade do socialismo no mundo; por outro lado, alguns aspirantes à esquerda imaginam serem revolucionárias as práticas stalinistas quando, na verdade, se mostraram contra revolucionárias e levaram a União Soviética ao declínio e dissolução.

Com uma programação completa, o curso abrange aspectos históricos, políticos e sociais da União Soviética desde 1924 até a sua dissolução oficial, em 1991. Serão discutidos em detalhes os problemas associados à burocratização da URSS e a III internacional. Também serão abordadas as concepções em torno de se pensar o socialismo aplicado internamente, apenas em um país, sem objetivos internacionalistas. Com a Segunda Guerra Mundial, haverá discussões sobre o posicionamento de outros países, como França, Alemanha, Itália e países do Leste Europeu em relação à União Soviética. A divisão do Mundo em dois Blocos, um dito democrático, liderado pelo imperialismo mundial, e o outro bloco composto por países sob controle de Moscou. Também será discutido no curso em análises aprofundadas as características da guerra fria.

Até este momento, foram ministradas três aulas do Curso “O que foi o Stalinismo”. A primeira, introdutória, abordou conceitos teóricos e históricos sobre o tema. A segunda aula, por sua vez, apresentou em detalhes os métodos burocráticos nos governos capitalistas e como se deu a burocracia stalinista na URSS. Na reunião mais recente do curso, que aconteceu na terça-feira (12), o camarada Rui Costa Pimenta, promoveu uma profunda análise sobre o que é o socialismo e um Estado Operário, o que é um regime de transição e a revolução permanente. Todas estas aulas e as posteriores estão disponíveis aos assinantes por 6 meses após a aquisição do curso.

Para além das aulas, o site da Universidade Marxista oferece inúmeros materiais complementares: a Biblioteca Socialista contém um acervo com materiais de primordial importância para todo mundo, inclusive textos inéditos em português, traduzidos com grande zelo pelos próprios militantes do Partido. O site também conta com a Sala de Aula Socialista, na qual o cursante poderá visualizar as aulas assistidas, além de participar de Fórum para resolução de dúvidas. Também está disponível a Enciclopédia Marxista, na qual é possível ao cursista esclarecer e aprofundar os conhecimentos e as definições em torno de tópicos específicos.

Frente à situação política no Brasil e no mundo, com a intensificação da crise do capitalismo, o acirramento da luta de classes em vários países e o fantasma do fascismo como motor contrarrevolucionário da burguesia, é imprescindível aprofundar os conhecimentos históricos sobre o período stalinista da União Soviética para formamos militantes marxistas que lutem contra tentativas atuais de levar em prática a mesma política de colaboração com a burguesia que levou a derrota de dezenas de revoluções e que, no final das contas,  levou ao colapso da própria  União Soviética, primeiro Estado Operário do mundo. A classe operária da atualidade não pode, assim como aconteceu com a União Soviética, ceder à burguesia mundial e conciliar com políticas direitistas que não beneficiam o povo, por isso a importância de conhecer fatos históricos para não repeti-los na atualidade. Inscrever-se na Universidade Marxista do PCO é o melhor meio de garantir o conhecimento sobre estes fatos históricos. A solicitação de inscrição poderá ser feita no site oficial da Universidade Marxista do PCO, onde você encontrará, conforme dito anteriormente,  além das aulas já ministradas, inúmeros materiais complementares para se aprofundar ainda mais no tema.

Relacionadas
Send this to a friend