Inglaterra ameaça enviar destróier para defender seus fascistas da Ucrânia e atacar a Rússia

Royal Navy Type 45 Destroyer HMS Dragon

Da redação – O almirante britânico, Lord Alan West, 70 anos, comentou a Daily Star Online – jornal britânico responsável por divulgar notícias variadas, como economia, polícias – que a Marinha Real do Reino Unido pode enviar um navio destróier para a Ucrânia frente a situação de tensão que se criou após três navios cruzaram ilegalmente a fronteira da Rússia, sendo alvejados por não responderem e realizarem manobras ameaçadoras.

Essas provocações da Ucrânia contra a Rússia vem direto do imperialismo norte-americano, que financiou a ofensiva de grupos nazistas para caçar a esquerda do país, atacando e fechando as organizações dos trabalhadores. Agora, vemos que estão ligados ao imperialismo britânico para cercar a Rússia, já que o Almirante britânico disse que enviar apenas um navio de vigilância não seria o bastante para assegurar a “livre navegação” na região

Ao jornal online, o almirante afirmou: “se estamos enviando um navio para uma área em que pode haver combates, será melhor enviar um navio que seja capaz de se proteger a si mesmo e possa combater”, disse ele cinicamente.

Porém, a questão é que os neo-nazistas ucranianos não aceitam a anexação da Crimeia pela Rússia, onde houve um grande conflito contra o avanço imperialista que vem provocando os russos à anos.

É preciso denunciar amplamente as intenções beligerantes do imperialismo contra o povo russo e contra o povo ucraniano que não apoia esses fascistas e golpistas serviçais dos EUA.