Crise econômica
A queda é a pior desde maio de 2018, quando teve a greve dos caminhoneiros.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
indústria papel e celulose
Maquinário de indústria de papel e celulose |

Da redação – Em consequência do isolamento social e da quarentena, houve uma queda na indústria nacional, que foi refletida em pesquisa feita pelo IBGE.

A queda com relação ao último mês foi de 9,1%, é a pior desde maio de 2018, quando teve a greve dos caminhoneiros. A diferença é que, em 2018, houve uma recuperação econômica em junho, mas na situação atual não há essa perspectiva. Com a queda, a indústria brasileira em 2020 se encontra no mesmo patamar do que estava em 2003.

Porém, a indústria brasileira já vem caindo há cinco anos. A diferença é que a queda foi muito maior esse ano devido ao coronavírus, que gerou o isolamento social, responsável pelo fechamento de várias atividades econômicas. Alguns poucos ramos se salvaram, como o de impressão e reprodução de gravações (subiu 8,4%), de produtos de limpeza e de higiene pessoal (0,7%) e de manutenção, reparação e instalação de máquinas e equipamentos (0,3%).

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas