Menu da Rede

Tigrões com estátuas, tchutchucas com os tucanos

Organizar auto defesa já!

Indígena Ka’apor é assassinado em área de conflito no Maranhão

A solução não virá das instituições da burguesia que é a responsável por toda a precariedade em que se encontram os povos indígenas justamente para garantir seus interesses

Indígenas Ka’apor reagindo a invasão de madeireiros em 2014 – Foto: Reprodução

Na segunda-feira passada (03), mais um indígena foi morto no Maranhão. Kwaxipuru Kaapor foi assassinado com pancadas de ferro na cabeça e seu corpo foi encontrado no limite do território Indígena Alto Turiaçu com a cidade de Centro do Guilherme. O acontecimento é resultado direto do avanço da extrema direita no país e se soma aos demais ataques ao povo indígena de conjunto.

Kwaxipuru Kaapor fazia parte da etnia Ka’apor que vivem junto com Awá-guajá no território indígena Alto Turiaçu, que assim como a maioria esmagadora das terras indígenas no Brasil vivem sistematicamente ameaçados por grupos relacionados com a burguesia, que tentam invadir seus territórios, como madeireiros, caçadores, grileiros, grandes traficantes de drogas, etc.

Os Ka’apor além de sofrerem com as ameaças e o terror propagado pela direita que é responsável pelo assassinato de Kwaxipuru e de tantos outros índios há décadas; agora se encontram ainda mais vulneráveis em meio à epidemia do coronavírus que está liquidando os indígenas graças a falta de qualquer apoio eficiente do estado.

Em vídeo gravado pelo cacique Irakadju Ka’apór após o assassinato, o líder indígena faz um apelo às autoridades: “Antes de ontem, aconteceu um assassinato de um parente Ka’apor no município de Centro do Guilherme. Sempre a gente faz denúncia, manda para as autoridades, que têm muita dificuldade de atender nossa demanda.”

Pelo relato do cacique fica claro o total desprezo do estado burguês aos povos indígenas que são largados a própria sorte sem as minimas condições de vida e sob constante ameaça dos fascistas. Ao contrário do que o cacique entende, não se trata de “dificuldades” para atender as demandas dos Ka’apor ou quaisquer outros povos indígenas, mas sim da total falta de interesse dos setores da burguesia e da direita que comandam o estado em solucionar os problemas desses povos.

As autoridades burguesas não vão se mover minimamente em favor dos indígenas, muito pelo contrário é a própria burguesia a responsável por toda a precariedade em que se encontram os índios de todo o país, sendo cada vez mais explorados, sucateados e perseguidos para manter os interesses da dessa burguesia; o que também está intimamente ligado com a ascensão da direita ao poder desde o golpe.

Desta forma, esperar que órgãos da burguesia venham em apoio é pura ilusão. A unica forma de barrar as investidas da direita que assassinou o membro dos Ka’apor e que mantém os indígenas em situação cada vez pior, é travar uma luta real contra a burguesia, assim como pelo Fora Bolsonaro e todos os golpistas.

Esta mobilização deve abranger, inclusive, a organização de grupos de auto defesa e de conselhos dentro dos territórios indígenas para que os próprios índios se protejam das ameaças e ataques e trabalhem em mobilização permanente para exigir que todas as suas necessidades sejam atendidas.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores
O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Cultura

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.