Índice coxinha: golpe trouxe de volta a mortalidade infantil para o País

28.11_mortalidade_infantil

O golpe de estado no país vai mostrando os seus efeitos práticos a cada dia. Desta vez, a estatística que demonstra como a política dos golpista esta devastando as condições de vida da população relaciona-se com o aumento da mortalidade infantil.

Depois de 26 anos sem aumento, a taxa de mortalidade infantil subiu novamente no país. De acordo com os dados de 2016, divulgados pela Unicef, a taxa de mortalidade na infância elevou em 5%, alcançando 14 mortos a cada 5 mil nascimento. Desde o começo da década de 1990, o Brasil apresentava uma redução anual média de 4,9% na taxa de mortalidade, superando a meta estimada em 3,2% pela Unicef. Em 2016, houve a primeira aumento da mortalidade em quase três décadas.

Trata-se do avanço da política de terra arrasada contra o povo. Com a destruição dos serviços de saúde, a população mais pobre fica sem acesso aos recursos básicos. Com isso aumenta-se o Índice de mortalidade na infância.

A única forma de barrar a ofensiva dos golpistas é por meio da mobilização popular. É necessário fortalecer os comitês contra o golpe em todo o país e derrotar nas ruas o golpe de Estado.