Casos começam a subir no país
A Índia registrou mais de duas mil mortes por Covid-19 em apenas um dia, anunciou o governo indiano nesta quarta-feira (17). Especialistas denunciam subnotificações nos dados.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Medical staff along with Hindu hardline group Rashtriya Swayamsevak Sangh (RSS) volunteers wearing Personal Protective Equipment (PPE) gear walk through a market for a door-to-door medical screening inside a slum to fight against the spread of the COVID-19 coronavirus, in Mumbai on June 17, 2020. - India's official coronavirus death toll leapt by more than 2,000 to reach 11,903 on Wednesday as Germany advised its nationals to consider leaving the country because of growing health risks. Mumbai revised its toll up by 862 to 3,165 because of unspecified accounting
País registrou mais de 2 mil mortes por Covid-19 em 24 horas | Foto: INDRANIL MUKHERJEE / AFP

A Índia registrou mais de duas mil mortes por Covid-19 em apenas um dia, anunciou o governo indiano nesta quarta-feira (17). O aumento se deve a revisão de dados da cidade de Mumbai, que somou 862 mortos. A capital Nova Déli registrou 400 mortes. Especialistas denunciam que os balanços estão sendo subnotificados, comportamento típico de governos direitistas, como acontece também com os dados brasileiros, em que os números exatos não batem com aqueles divulgados por secretarias ou cartórios.

Mesmo com o aumento dos casos, o primeiro-ministro Narendra Modi retirou praticamente todas as medidas de confinamento para frear as contaminações, muito parecido com o que acontece no Brasil, já que os dois países também se encontram em crise econômica, porém, em apenas um dia, o número de novos infectados foi de 11 mil, chegando a 354.065 no total. Trabalhadores brasileiros e indianos estão sendo expostos a doença em meio ao grande aumento de casos, mostrando que a irresponsabilidade com a vida das pessoas não é exclusividade de Jair Bolsonaro, mas sim uma política genocida praticada por todos os governos direitistas, onde a Economia e o capital estão acima da vida dos trabalhadores.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas