Siga o DCO nas redes sociais

Incêndio em prédio operacional dos Correios expõe sucateamento da empresa
Incêndio em prédio operacional dos Correios expõe sucateamento da empresa

Na terça-feira (13/2) de carnaval às 10 horas da manhã, o prédio do CTCE (Complexo de Triagem de Cartas e Encomendas) dos Correios de Fortaleza, no Ceará, foi tomado por enormes nuvens de fumaça preta.

A coluna de fumaça chegava a mais de 30 metros de altura, o que deixava claro para os que passavam no local se tratar de um incêndio que levaria à total destruição do local.

Os bombeiros chamados ao local tentaram amenizar os prejuízos, mas no dia seguinte (14/2) se podia constatar a inviabilidade do local por um bom tempo, com teto desabado, estrago em toda parte.

Antes do incêndio, os trabalhadores que trabalhavam no local cansaram de apresentar à direção golpista dos Correios que o local precisava de manutenção, principalmente nas instalações elétricas.

Tudo isso se junta ao fato de que a política da direção golpista dos Correios é a de entregar os Centros de Triagem de Encomendas para empresas privadas, extinguindo os cargos de OTTs (Operador de Triagem e Transbordo), que manuseiam cartas e encomendas nesses prédios operacionais.

Não é à toa que os prédios operacionais dos Correios estão quase todos sucateados, pois os golpistas que usurparam o poder político no País estão a serviço de destruir a indústria nacional, como fizeram com a indústria naval, e vender as empresas estatais, e uma delas é a ECT (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos).

Para impedir novos incêndios, como a destruição dos Correios no Brasil é necessário lutar contra os golpistas, com formação de comitês de luta contra o golpe, pela defesa do patrimônio nacional.