Direita inimiga da cultura
Vale lembrar que a pouco tempo o Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo e depois o Museu de História Natural do RJ, foram queimados pelo descaso da direita que destrói a cultura
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
incendio-museu (1)
Parte do Museu foi reduzido às cinzas | Foto: Divulgação/Cobom

Na manhã desta segunda-feira (15), parte do Museu de História Natural da UFMG, localizado no bairro do Horto, em Belo Horizonte foi reduzido às cinzas. Uma fumaça que, segundos relatos, surgiu no telhado, foi aumentando até a chegada do Corpo de Bombeiros. Porém, grande parte do material fóssil foi destruído.

Este importante museu tem um acervo de mais de 260 mil itens, indo de peças e coleção científica de plantas até reserva vegetal. É neste museu que está também o Presépio do Pipiripau, criado pelo artesão Raimundo Machado com 586 figuras móveis, em 45 cenas.

Devemos lembrar aqui que a pouco tempo o Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo e depois o Museu de História Natural do Rio de Janeiro foram reduzidos pelos chamas. A direita golpista abandonou a cultura, pois são únicos da cultura do povo, da história dos explorados e da ciência.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas