Inauguração de embaixada americana em Jerusalém provoca chacina

mundo-faixa-de-gaza-20180514-001

Com a inauguração da embaixada dos Estados Unidos em Jerusalém, nesta segunda-feira, milhares de palestinos resolveram sair às ruas em protesto e pequenos grupos se aproximaram da fronteira da Faixa de Gaza com Israel para se manifestar lançando pedras. Lá, foram recebidos com tiros e bombas por parte dos soldados israelenses. Até o momento, pelo que se sabe, são mais de 50 palestinos já foram mortos e mais de 2000 ficaram feridos.

Mesmo sem nenhuma baixa, Israel prometeu reforçar seu aparato de guerra, aumentando o número de soldados, de unidades especiais, de agentes das forças de inteligência e de atiradores de elite. Informou também que não haverá tolerância com danos no muro de segurança da fronteira.