Siga o DCO nas redes sociais

Futebol empresarial
Imprensa São Paulina denuncia modelo de clube-empresa
O modelo clube-empresa não faz muito sentido para a torcida, mas muito sentido para os grandes empresários. 
conheca-o-time-junior-do-sao-paulo-que-atuara-em-araraquara-6bB5
Futebol empresarial
Imprensa São Paulina denuncia modelo de clube-empresa
O modelo clube-empresa não faz muito sentido para a torcida, mas muito sentido para os grandes empresários. 
São Paulo recebendo título. Foto: SPFC
conheca-o-time-junior-do-sao-paulo-que-atuara-em-araraquara-6bB5
São Paulo recebendo título. Foto: SPFC

Circula pela Câmara dos deputados um projeto de lei que quer transformas os clubes de futebol em empresas, algo totalmente desnecessário e ineficaz, como denuncia a imprensa são paulina, principalmente para o time. O projeto visa a separação administrativa do futebol social, o que não significa exatamente fazer dos times de futebol uma empresa privada. Dizer que os grandes clubes são empresas é uma premissa falsa que vem sendo usada a favor da transformação do futebol em grandes empresas lucrativas.

Contudo, todos os grandes clubes sempre foram grandes clubes, e isso não aconteceu, em nenhum dos casos, pela interferência de grupos empresariais, mesmo os que passaram por essa troca na gestão, nada mudou. Muito pelo contrário, o que há são clubes que nasceram de empresas e nunca alcançaram o sucesso dos clubes associativos. O exemplo que os empresários usam como se fosse gerido por uma empresa é o do Flamengo, porém o clube associativo só tem uma distância financeira do São Paulo Futebol Clube por uma questão de tempo televisivo, algo que pode ser melhorado com um novo contrato.

O que mais parecem querer é tomar conta do SPFC, que tem o histórico de formar grandes talentos, para fazer como sempre, pegar os melhores jogadores e manda pra fora do país. A má administração vem sendo motivo para trazerem o clube empresa para o SP, porém, apenas uma boa administração pode resolver isso.

Um modelo de clube empresa genuinamente sério é o Red Bull, porém, o clube não tem interesses em ganhar títulos, pouco se importam, o que eles querem, na verdade, é ganhar dinheiro. Pegam os melhores jogadores do Brasil e mandam para outros países, fazendo com que esses jogadores deem mais mais lucro jogando fora o que aqui. Esse é o modelo de um clube empresa que querem impor aqui no Brasil. Algo que não faz muito sentido para a torcida, mas muito sentido para os grandes empresários.