Partido da Imprensa Golpista
Manipulação, distorções, mentiras explicitam o interesse da burguesia em retirar o PCO do cenário político
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
globo
Imprensa manipuladora | Foto: Reprodução

As eleições municipais de 2020, apresentadas pela imprensa burguesa como a “festa da democracia”, revelam-se cada vez mais como um processo claramente antidemocrático. Marcada pela ausência de um debate público e democrático, pelas inúmeras restrições para propaganda política pela justiça eleitoral, pela exclusão de muitos partidos do rádio e da TV, pelo monopólio da imprensa capitalista e pelo indeferimento arbitrário de candidaturas, as eleições municipais de 2020 confirmam as tendências antidemocráticas que preparam um fechamento aberto do chamado regime institucional brasileiro.

 O portal Midiamex do Mato Grosso do Sul cita:

“TRE-MS mantém candidatura do PCO indeferida em Campo Grande

Por unanimidade, o TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) negou dois recursos e manteve o indeferimento das candidaturas de Thiago Assad e Carlos Martins Júnior, ambos do PCO, à prefeitura de Campo Grande. O julgamento aconteceu na manhã desta terça-feira (10).”

Já no Paraná o portal Bem Paraná, faz a seguinte colocação:

“Candidato do PCO é indeferido

O juiz da 1ª Zona Eleitoral, Nei Roberto de Barros Guimarães, rejeitou o pedido de registro da candidatura de Diogo Furtado (PCO) à prefeitura de Curitiba.”

Nos dois casos acima embora seja um direito do partido recorrer, em nenhum momento a imprensa cita que o partido ira recorrer da decisão, dando a entender que o Partido da Causa Operária não disputará as eleições nas respectivas capitais.

Em Porto Alegre o portal Correio do Povo cita:

“Candidato do PCO em Porto Alegre tem candidatura indeferida

O registro de candidatura de Luiz Delvair, do PCO, à prefeitura de Porto Alegre, foi indeferida pela Justiça Eleitoral. A decisão, que saiu nesta terça-feira, aponta a ausência de requisito de registro. As outras 12 candidaturas na disputa ao Paço Municipal já foram deferidas.”

Este caso é ainda mais gritante, pois mostra o caráter partidário da imprensa golpista, em primeiro lugar não colocando que a decisão cabe recurso e que assim o partido fará, em segunda dando a entender à população que o PCO é o único a não atender os “requisitos”, o que notoriamente não é verdade, a realidade é que o Partido da Causa Operária é o único a levar a campanha pelo Fora Bolsonaro e Lula Presidente,  campanha que de forma alguma a imprensa golpista, o judiciário e a burguesia de conjunto podem aceitar.

No Ceará a situação não é diferente,  o portal Ponto Poder:

“Pedido de registro do PCO é indeferido e José Loureto está impedido de disputar a eleição em Fortaleza

A 112ª Zona Eleitoral de Fortaleza indeferiu o pedido registro de candidatura do Partido da Causa Operária (PCO) e, consequentemente, gerou impedimento para José Loureto disputar a Prefeitura de Fortaleza. A decisão, tomada nesta quarta-feira (14), cita que “a agremiação interessada não comprovou regularidade da situação jurídica”. O PCO tem três dias para recorrer.

O caso do Ceará mostra o caráter manipulador da imprensa burguesa, aquela que acusa os outros de “fake news” é uma fonte inesgotável de mentiras e isso fica explícito na própria matéria, quando no título eles colocam que “Pedido de registro do PCO é indeferido e José Loreto está impedido de disputar a eleição em Fortaleza” e já no primeiro parágrafo eles afirmam “O PCO tem três dias para recorrer.” ou seja se o PCO tem três dias para recorrer como podem afirmar no título que o PCO está impedido de disputar as eleições?

Um dos casos que mostram o interesse da imprensa burguesa em noticiar e propagar a desinformação em torno da candidaturas do PCO é o caso de São Paulo onde o portal G1 escreve:

“O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) indeferiu na manhã desta segunda-feira (26) a candidatura de Antônio Carlos (PCO) à Prefeitura de São Paulo. O juiz eleitoral negou o registro e indeferiu a candidatura por falta de um documento para o processo. O partido informou que já ingressou com recurso. Ao G1, o candidato afirmou que a candidatura está “indeferida com recurso” e que espera que “o erro seja sanado” pela Justiça Eleitoral.

Segundo Antônio Carlos, o documento pedido já está anexado.

Trata-se do excesso de burocratismo imposto nas eleições em que se inverte a norma geral de que as pessoas são inocentes até prova em contrário. Nesse caso, o candidato é obrigado a declarar que um crime cometido por uma pessoa com o mesmo nome, mas com filiação e documentos de identidade diferentes, não é ele”, disse Antônio Carlos ao G1.

Horas depois o mesmo portal noticia:

 “TRE revê decisão e considera Antônio Carlos apto a disputar cargo de prefeito em SP

 O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) reviu a decisão que havia tomado na manhã desta segunda-feira (26) e deferiu a candidatura de Antônio Carlos (PCO) à Prefeitura de São Paulo, considerando o candidato apto a participar das eleições de 2020.

A decisão, do juiz eleitoral Marco Antonio Martin Vargas, foi publicada no site do TRE na noite desta segunda. Segundo o magistrado, o candidato preencheu “os requisitos necessários, está apto a concorrer, nas Eleições Municipais de 2020, para o cargo de prefeito”.

Segundo o juiz, houve um erro e a certidão, que já tinha sido expedida, não tinha sido juntada aos autos do processo que pediu a candidatura.

Esses são só alguns dos caso, mas eles demonstram o partidarismo da imprensa burguesa, manipulação, distorções, mentiras explicita o interesse da burguesia em retirar o PCO do cenário político.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas