HAMBURGUER_1
SHARE
COMANDO DE GREVE

Parceiros do governo Bolsonaro

Imprensa golpista ataca a greve dos trabalhadores dos correios

Já no segundo dia de greve, trabalhadores dos correios são atacados pela direção da empresa e pela imprensa monopolista e golpista, parceiros na espoliação da empresa.

Tempo de Leitura: < 1

Greve dos trabalhadores dos correios. – Foto por: reprodução.

Publicidade

A menos de 2 dias em greve, os trabalhadores dos Correios, já sofrem ataques da direção bolsonarista da empresa e da imprensa golpista burguesa que mentem sobre a greve e tentam jogar a população contra os trabalhadores.

Vários jornais da imprensa burguesa nesta quarta (19) noticiam a greve destacando pontos que poderiam que visam jogar parte da população, principalmente da classe média, contra os trabalhadores. Notícias que enfatizam o atraso em entregas, os riscos de atraso de pagamento de contas e enfatizando a versão do governo Bolsonaro da direção do general Floriano Peixoto de que “é preciso adequar a empresa a uma nova realidade”, ao se referir ao corte monstruoso de salários e benefícios proposto pela empresa com o fim do Acordo Coletivo de Trabalho.

A imprensa burguesa monopolista ainda enfatiza a interferência do STF na greve da categoria, destacando o julgamento de liminar sobre a manutenção do STF, praticamente determinando que um julgamento favorável do STF pela manutenção, acabaria com a greve.

A direção da empresa ainda mente ao afirmar que 82% da categoria estaria trabalhando normalmente. Segundo as federações e sindicatos da categoria, a adesão à greve já chega a 70% dos trabalhadores e segue aumentando.

Os trabalhadores não devem aceitar essa manipulação do governo, da direção e da imprensa burguesa, muito menos se deter por uma decisão insatisfatória do STF, que visa jogar água na mobilização da categoria, até porque a mera manutenção do ACT não atende a reivindicação dos trabalhadores que vêm sendo atacados há muitos anos e estão sob forte ameaça de privatização e perda completa dos empregos.

Para isso é necessário, intensificar a mobilização, ocupar as unidades de trabalho e não aceitar decisões insuficientes das direções sindicais pelegas.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Populares na Rede
[wpp range="last24h" limit="3"]
NA COTV

70 ANOS DA REVOLUÇÃO CHINESA - COM RUI COSTA PIMENTA (CURSO COMPLETO)

164 Visualizações 118 minutos Atrás

Watch Now

Send this to a friend