Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Neymar
|

A imprensa brasileira intensifica campanha contra a volta de Neymar, que é o melhor jogador do mundo, à seleção brasileira, atendendo aos interesses do imperialismo de tirar o nosso futebol, que é favorito, da disputa da Copa das Confederações e do maior evento do planeta, a Copa do Mundo de 2022, que será realizada no Catar.

Neymar está sendo vítima de ampla perseguição de todos os lados, todo tempo surge um fato novo. Agora os pseudo entendedores de futebol, que apresentam os programas de futebol, gente que sequer sabe o que é chutar uma bola, estão dizendo que a seleção brasileira não precisa mais de Neymar.

Os craques da nossa seleção, na história recente do futebol, sempre estiveram na mira de escândalos. Como negar a importância do polêmico baixinho, como era conhecido Romário, para conquista da Copa de 1994, nos Estados Unidos, ou de Ronaldo fenômeno para a conquista da Copa de 2002, sediada na Coréia e no Japão?

Esses comentaristas parecem ter pouca memória, se esquecem que Neymar foi o principal jogador na conquista do primeiro e único título de futebol nas Olimpíadas, conquistado dentro de casa em 2016. Neymar também foi considerado melhor jogador na conquista da Copa das Confederações de 2013, realizada também no Brasil.

Os animadores de TV, que só servem pra fazer propaganda de sapatos entre outros produtos, querem fazer crer que, pela conquista da Copa América deste ano de 2019, a seleção não precisa do melhor jogador brasileiro e do mundo para conquistar as próximas competições.

Apesar da seleção brasileira ter conquistado mais esse título para o qual é sempre favorita, Neymar é fundamental para dar mais qualidade técnica ao nosso futebol, com dribles e jogadas de improvisos, gols de falta, passes, arrancadas. A seleção só ganhou a Copa América sem Neymar porque o Brasil é uma fábricas de bons jogadores de invejar todo planeta. Não à toa, temos o futebol arte.

As últimas quatro copas foram conquistadas por seleções de países imperialistas em que predominou a força e polêmicas envolvendo arbitragem. Na última Copa do Mundo, várias seleções foram literalmente operadas pelas decisões do VAR para favorecer a França que saiu campeã. Agora querem tirar Neymar do caminho para tornar a seleção brasileira mais fraca e evitar a conquista do Hexa.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas