Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
sd-border-muster-20180505-006
|

Da redação – Cerca de mil integrantes de uma milícia de extrema-direita, chamada Minuteman, do Texas, estão a caminho da fronteira dos Estados Unidos com o México, armados para matar os imigrantes centro-americanos que buscam entrar no país norte-americano.

Em declarações ao jornal The Washington Post, o presidente do grupo, Shannon McCauley, revelou que já são mais de 200 milicianos postados ao longo da fronteira, com a intenção de apoiar as ações das forças de repressão do Estado contra os “invasores”.

O governo de Donald Trump, por meio do Departamento de Defesa, anunciou na semana passada o envio de 5.200 militares para vigiar a fronteira e, inclusive, disparar contra os cerca de 10 mil imigrantes que fogem da ditadura imposta pelos EUA em Honduras, da fome e miséria do regime neoliberal fantoche da Guatemala, e de outros países vítimas do saque imperialista na América Central.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Relacionadas