Doping
Decisão foi tomada pelo Tribunal Arbitral do Esporte (CAS)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
bandeiras
Olimpíadas na Rùssia | Foto: Reprodução

De acordo com a decisão do CAS (Tribunal Arbitral do Esporte), a Rússia não poderá participar de qualquer evento esportivo até o dia 16 de dezembro de 2022. Na prática, isso impedirá o país governado por Vladimir Putin a participar da Olimpíada de Tóquio, que foi adiada por causa da pandemia de coronavírus, e da Copa do Mundo de 2022, prevista para acontecer no Qatar. Os atletas russos até poderão participar de competições internacionais, desde que “o uniforme usado não contenha a bandeira da Federação Russa e contenha as palavras ‘atleta neutro’, mas sem nenhuma alusão ao país”.

O banimento da Rússia, sob o pretexto do antidoping, é parte do cerco do imperialismo ao governo Putin. Como ficou claro na própria pandemia, quando a Rússia desenvolveu uma vacina independente dos monopólios da indústria farmacêutica, o governo Putin é uma pedra no sapato para os planos do imperialismo na região.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas