Imigrante é atacado no norte da Alemanha: extrema-direita cresce diante da deterioração do regime político

gettyimages-1024583846

Em toda Europa, o fascismo tem crescido. Na Alemanha, recentemente, teve manifestações nazistas contra imigrantes, que estão saindo de seus países justamente por conta da opressão que os países imperialistas, dentre eles a Alemanha, têm impondo contra eles. Na noite da quarta-feira (29), um imigrante foi agredido por um fascistas – um homem de 20 anos que foi agredido por 3 fascistas com socos, ponta-pés e chicotadas de corrente de ferro.

Isso é apenas o desenvolvimento da mesma causa que levou 4 mil fascistas se manifestarem nas ruas de Chemnitz. É preciso ressaltar que o crescimento do fascismo na Europa se dá por conta da falta de contraposição política de uma esquerda combativa nestes países. É preciso que se derrote o fascismo nas ruas para fazer estes opressores do povo recuem diante agitação popular.

Leon Trotski, um dos líderes da Revolução Russa, costumava dizer que o fascismo é a deterioração do regime capitalista, ele reflete um sintoma de crise, de instabilidade e de total instabilidade econômica, social e psicológica. Com a crise internacional do imperialismo, a Europa, que é o principal continente afetado pela crise, está tendo um surto fascista.