“Imagine se os milicianos do Bolsonaro fossem amigos da minha família?”: Lula ironiza a imprensa
lula2
“Imagine se os milicianos do Bolsonaro fossem amigos da minha família?”: Lula ironiza a imprensa
lula2

Da redação – Em entrevista realizada na tarde de hoje (26) na sede da Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, o ex-presidente Lula ironizou a imprensa golpista e o tratamento antagônico que ela dá a ele e ao fascista ilegítimo.

“Imagine se os milicianos do Bolsonaro fossem amigos da minha família?”, questionou Lula.

Realmente, nem mesmo seria preciso que algum filho do líder petista tivesse empregado familiares de um miliciano para ser acusado diretamente de envolvimento com milícias. Bastaria que ele tivesse visto, de longe, por exemplo, em um supermercado, a sogra do vizinho de um amigo do patrão do cunhado de um miliciano, que já seria acusado de envolvimento direto com milícias, haja vista a manipulação costumeira da imprensa burguesa contra Lula.

Por outro lado, quando se trata de Bolsonaro, a imprensa direitista (que é tida pelos fascistas como contrária a ele), tenta de todas as formas encobrir coisas realmente comprometedoras de seu governo, especialmente os ataques que, se publicizados, comprometeriam os interesses dos banqueiros internacionais.