Siga o DCO nas redes sociais

IFBA: há mais de 6 meses reitora eleita espera para tomar posse
IFBA_Campus-Salvador_Por-Lilian-Caldas-3
IFBA: há mais de 6 meses reitora eleita espera para tomar posse
IFBA_Campus-Salvador_Por-Lilian-Caldas-3

As eleições para os novos diretores e para o novo reitor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA), em dezembro do ano passado, foram sabotadas. O antigo reitor, Renato Anunciação Filho, já estava desgastado aos olhos dos alunos e funcionários, ficando em último lugar com cerca de 15% dos votos, porém, ele continua no cargo.

Há mais de 6 meses a reitora eleita Luzia Mota e os 17 diretores dos campi do IFBA vêm esperando para tomar posse. Isso se deu por conta de denúncias feitas por Renato à Comissão Eleitoral, ao Conselho Superior (órgão máximo do IFBA) e ao MEC, que diziam que o processo eleitoral havia sido uma fraude.

Mesmo já tendo provado que não houveram irregularidades no processo eleitoral, Luzia esteve recentemente em Brasília para esclarecer o ocorrido e, em relatório, divulga o conteúdo das reuniões e o andamento do processo.

O IFBA, assim como outras instituições da rede federal, corre risco de fechar em setembro por conta do corte no orçamento da Educação. Os alunos do campus Salvador, por exemplo, já enfrentam problemas na infraestrutura do campus, como elevadores quebrados e salas de aula com problemas em sua estrutura, e com a falta de materiais escolares.

Nota de Luzia Mota sobre o processo eleitoral (22/03)