Siga o DCO nas redes sociais

Causa do golpe de Estado
Honduras enfrenta a epidemia de dengue mais letal em 10 anos
Período coincide exatamente com o tempo que dura o regime golpista no país, instaurado em 2009
28158976819_15b1e737e9_o (1)
Causa do golpe de Estado
Honduras enfrenta a epidemia de dengue mais letal em 10 anos
Período coincide exatamente com o tempo que dura o regime golpista no país, instaurado em 2009
População protesta contra governo golpista de Juan Orlando Hernández.Foto: Peg Hunter (CC BY-NC 2.0)
28158976819_15b1e737e9_o (1)
População protesta contra governo golpista de Juan Orlando Hernández.Foto: Peg Hunter (CC BY-NC 2.0)
Tegucigalpa, 19 Set (Prensa Latina)* Honduras enfrenta uma das epidemias mais mortais de dengue grave da última década, alertou a Organização Panamericana da Saúde (OPS).
De acordo com relatórios da OPS, o país registra desde janeiro passado até agora mais de 70 mil casos suspeitos dessa doença, e destes 14 mil e 381 informados como dengue grave, com 135 mortes confirmadas, 39 foram descartadas e mais de 60 mantêm-se em investigação.

Insuficientes campanhas preventivas para criar consciência na cidadania sobre a higiene e a eliminação de criadouros do mosquito Aedes aegypti, agente portador também da zika, chikungunya e febre amarela, é uma das principais causas do aumento do número de doentes.

Todos os departamentos informam casos, mas Cortês, Yoro e Santa Bárbara concentram o maior número de mortes e os menores de zero a 15 anos são os mais afetados.

A OPS recomenda ao país intensificar a vigilância e controle de vetores, incluindo os diagnósticos de laboratório, bem como revisar os planos de emergência.

Também, aconselha incrementar a preparação do pessoal do Ministério de Saúde para um adequado diagnóstico e manejo clínico dos pacientes e sugere incluir às comunidades nas campanhas de prevenção.

Na América Central, Honduras encabeça o maior número de mortes por dengue grave, com 135 vítimas, seguido da Guatemala (37), Nicarágua (15) e El Salvador (4), de acordo com as cifras proporcionadas pelos ministérios da Saúde desses países.

* Os artigos reproduzidos não refletem necessariamente a posição do Partido da Causa Operária e do Diário Causa Operária.