Pela luta do povo
O PCO e os Comitês de Luta Contra o Golpe confirmaram o ato de luta na Paulista
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
cartaz fora bolsonaro
Militante contra o golpe com cartaz Fora Bolsonaro | Foto: Reprodução

O PCO vai comparecer ao ato pelo Fora Bolsonaro desse domingo (7/6) na Paulista. A mobilização está sendo convocada para a Praça do Ciclista, as 14h.  Nesse sentido, o partido se contrapõe à manobra de Boulos em chamar o ato para o Largo da Batata no sentido de arrefecer a luta.

A radicalização das mobilizações do último domingo indicaram um caminho de lutas que não pode ser abandonado. O recuo de Bolsonaro ao orientar que seus apoiadores evitassem o domingo, por exemplo, prova o temor da burguesia frente a ofensiva popular. Em oposição aos atos, a burguesia passou a taxar os manifestantes de terroristas e a esquerda pequeno-burguesa, de violentos e despolitizados. Diante da proibição policial da realização do ato da esquerda na Paulista, portanto, o boneco de ventríloquo da burguesia, Boulos, não tardou em manobrar para acabar com a combatividade da manifestação e. Portanto, fazer refluir o movimento.

As manifestações das torcidas organizadas do final da semana passado são uma expressão de um profundo descontentamento popular concentrado pelos meses de pandemia, alta do desemprego e pela falta de vazão devido à política da esquerda “Fique em casa”. Nesse sentido, explosão social expressa por setores organizados da população, mas independentes do esquema político tradicional, representou uma disposição geral a lutar por direitos e, principalmente, a combater o fascismo nas ruas. Essa tendencia provou-se internacional com as grandes mobilizações em todo o mundo, deflagradas pelo assassinato de George Floyd. 

O ato na Paulista, portanto, chamado para combater os bolsonaristas, tem um significado fundamental. Combater os ataques da burguesia contra o povo. Conter o avanço dos fascistas. Criar uma alternativa popular para a crise. Derrubar o governo golpista de Jair Bolsonaro. 

 Dessa forma, se a mobilização da Paulista significa uma demonstração de força do povo contra os grupos fascistas, no Largo da Batata, o ato à frio perde o seu fundamento político. O ato da paulista é do povo e o ato do Boulos, é a frente ampla tentando dar a Paulista para os fascistas.

Nesse momento, é importante descrever o histórico de Boulos no apoio ao golpe de estado e no esforço divisionista da esquerda em todos os seus esforços de unificação. No período de preparação do golpe, Boulos foi o autor do movimento de oposição a Dilma “Não vai ter copa”, em 2014, e os atos “contra a reforma da previdência de Dilma”, em 2015. Após efetivado o golpe, na hora de lançar a campanha de denúncia do golpe pela anulação do impeachment, Boulos ajudou a lançar a campanha por eleições, deixando de lado o golpe. 

Quando a esquerda fazia o esforço de unificação, através da Frente Brasil Popular, Boulos lançou a Frente Povo Sem Medo. Em 2018, quando era necessário a unificação em torno da candidatura de Lula, Boulos lançou a sua própria. Agora, semanas após se manifestar contrário a realização de atos, anuncia a sua participação na mobilização das Torcidas Organizadas com o objetivo de impor a sua política frente-amplista.

Dessa forma, é fundamental a continuidade dos atos na Av. Paulista, como uma expressão da luta real do povo em oposição frontal a burguesia. Qualquer iniciativa que se contraponha a esse esforço é um braço da política da burguesia no movimento operário. Por isso, nada de atos com o funcionário dos frente amplistas, do PSDB e companhia. Todos às ruas na Av. Paulista.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas