Siga o DCO nas redes sociais

Hoje é dia da Plenária Estadual Lula Livre em São Paulo!
plenarialulasp
plenarialulasp

Neste sábado (24), ocorrerá a Plenária Estadual Lula Livre de São Paulo, reunindo lideranças e militância do Partido dos Trabalhadores, do Partido da Causa Operária, dos Comitês de Luta Contra o Golpe, Comitês Lula Livre e diversas outras entidades e coletivos que estão na luta pela liberdade de Lula.

A Plenária Lula Livre será realizada no Sindicato dos Químicos de São Paulo – Rua Tamandaré, 348, Liberdade – com início às 09:00hs para o credenciamento dos participantes, e debates a partir das 10:00hs, com o tema “A luta pela liberdade de Lula: os caminhos da Justiça e da mobilização popular”.

Após os debates serão formados grupos de trabalho, com o objetivo de organizar a luta pela liberdade de Lula no Estado de São Paulo, nas ruas e nas redes sociais.

Não faltarão também as barracas de materiais de militância. Inclusive a já tradicional banca de materiais do PCO, com livros, revistas, jornais, além das camisetas, canecas, botons e adesivos que, além de muito bonitos e procurados, também levam para todos os lados a propaganda pela Liberdade de Lula e pelo Fora Bolsonaro, popularizando ainda mais a campanha.

O Partido dos Trabalhadores, na página do PT paulista na internet, define os objetivos da plenária como um meio para “reforçar o engajamento e o entendimento político entre as entidades e movimentos que já participam da campanha e ampliar nosso arco de alianças”.

O PT também ressalta que a Plenária será um momento para todos serem informados “sobre o andamento da campanha nacionalmente”, além de uma oportunidade de avanço “em nossas estratégias e organização em nível estadual”.

Diante das revelações dos bastidores sujos da Lava Jato, feitas pelo “The Intercept Brasil”, ninguém mais tem dúvida sobre toda a operação criminosa de que Lula foi vítima, levada avante pelo imperialismo e setores da burguesia nacional, com o objetivo claro de tentar estabilizar o golpe de 2016, impedindo a eleição de Lula e colocando um Presidente golpista no poder, aparentemente eleito por meio de um pleito democrático.

Com a eleição de Bolsonaro, entretanto, que é certamente o Presidente mais odiado de todos os tempos no Brasil, acentuou-se a crise do golpe, uma vez que os planos golpistas já não andavam nada bem.

Agora, com a revelação de que o povo brasileiro foi vítima de mais um golpe, e que não pôde votar em seu candidato preferido por pura armação da direita, a campanha pela liberdade de Lula se ampliou para uma verdadeira luta pelo reconhecimento da fraude eleitoral de 2018 e consequente anulação daquelas eleições de fachada.

O Fora Bolsonaro e a Liberdade Para Lula são hoje, mais do que nunca, palavras de ordem plenamente unificadas em um mesmo movimento de luta contra o golpe e contra o fascismo, pois em eleições minimamente limpas e democráticas, o fascista Bolsonaro não teria nenhuma chance frente a maior liderança popular do Brasil, o ex-presidente Lula.

Neste momento, esta luta vai muito além de um difuso sentimento de revolta ou indignação: já se organiza por todo o país através de mutirões, comitês e coletivos de toda ordem, demonstrando que há uma enorme simpatia popular por esta política e o povo está pronto para se mobilizar decididamente para pôr abaixo o golpe.

Os mutirões de coletas de assinaturas, realizados duas vezes por semana pelo PCO nacionalmente e várias vezes por mês pelo PT e Comitês Lula Livre, já registram centenas de milhares de adesões expressas a esta luta, concretizadas através de assinaturas físicas, que são coletadas somente após uma clara demonstração das pretensões de todo o movimento.

As Plenárias Estaduais Lula Livre por todo o país também estão demonstrando esta vontade de luta do povo. Exemplo disto ocorreu na Plenária mineira, realizada no sábado passado (17), onde os companheiros presentes receberam com grande entusiasmo a luta pelo Fora Bolsonaro defendida pela intervenção do PCO – palavra de ordem a que setores da juventude petista já se aliaram formalmente – e pela anulação das eleições de 2018, efeito inevitável da campanha pela anulação dos processos de Lula.

Neste momento em que a burguesia enfrenta uma situação de crescente turbulência, sem condições de estabilizar o regime golpista, é hora da esquerda brasileira lutar unida para derrubar de uma vez por todas e o quanto antes os golpistas do poder.

Atacando a população de todas as formas possíveis e totalmente de costas para os mais básicos interesses nacionais, os golpistas vão perdendo qualquer apoio popular na mesma medida em que o povo coloca cada vez mais as suas esperanças de derrotar Bolsonaro na luta pela liberdade de Lula.

E neste contexto de debates e de luta é que a Plenária Estadual Lula Livre ganha importância decisiva, inclusive para impulsionar a organização do grande Ato Pela Liberdade de Lula que será realizado em Curitiba, no próximo dia 14 de setembro.

Todos pela Liberdade de Lula! Todos à Plenária Estadual Lula Livre em São Paulo!