Luta dos trabalhadores
Os ataques desferidos às empresas estatais faz parte de um dos fundamentos do golpe de Estado
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
24b262f42bd9e67c92b7bbd0dbc09d56
Ato defesa das estatais | Foto: Reprodução

A Central Única dos Trabalhadores (CUT), conjuntamente com outras centrais sindicais, neste dia 30 de setembro, realiza atos nacionais em defesa das empresas estatais e do serviços públicos. Estão marcados atos presenciais em várias capitais do país, como Ceará, Distrito Federal, São Paulo, Piauí, Sergipe, Santa Catarina, dentre outras. As manifestações serão o ponta pé inicial para uma campanha permanente contra os ataques da direita reacionária contra os trabalhadores e, em defesa ao patrimônio do povo brasileiro.

Os trabalhadores das empresas estatais, com o golpe de Estado, passam por uma gigantesca ofensiva da direita golpistas com vistas à privatização, quando os governos, tanto na esfera federal, quanto na estadual, estão demitido em massa, sucateamento, rebaixamento salarial, terceirizações, venda das subsidiárias, etc. Conforme já declarado por diversas vezes, os representados dos grandes banqueiros e capitalistas, nacionais e internacionais no governo federal, Paulo Guedes, Ministro da Economia e, José Salim Mattar Júnior, Secretário Especial de Desestatização, pretendem entregar todas as empresas estatais. Chegaram a anuncia de imediato 17 estatais para a privatização de imediato: Casa da Moeda, Dataprev, Serpro, Eletrobrás, Ebc, Telebras, etc.

Para os servidores públicos a manobra para o ataque aos trabalhadores vem através de “Reforma” administrativa que, extingue a estabilidade, permite demissões em massa, abre o caminho para perseguições políticas da extrema-direita aos opositores políticos de Bolsonaro, dentre diversas medidas draconianas.

Todas as medidas dos golpistas, que estão sendo impostas contra os trabalhadores das estatais e dos serviços públicos, fazem parte de uma política que visa a transferência do patrimônio do povo brasileiros e dos trabalhadores, através das privatizações, para o bolso de um punhado de capitalistas.

Os ataques desferidos às empresas estatais faz parte de um dos fundamentos do golpe de Estado; é a entrega do patrimônio nacional.

Diante dos ataques da direita é necessário mobilizar para derrotar o golpe e suas medidas de ataques à economia nacional, que tem como um dos fundamentos a liquidação do patrimônio do povo.

A direita vem utilizando do golpe para impor a política de aprofundamento dos ataques à população e aos trabalhadores para favorecer um punhado de parasitas capitalistas. Cabe à classe trabalhadora e à população em geral, mais do que nunca uma luta gera, unificada para barrar a ofensiva reacionária dos governos da direita.

Nesse sentido, todos às ruas nas manifestações deste dia 30 em todo o país pelo Fora Bolsonaro e todos os golpistas, pelo reestabelecimento dos direitos políticos do ex presidente Luis Inácio Lula da Silva, Lula candidato; em defesa das empresas estatais e de todo os serviços públicos.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas