Siga o DCO nas redes sociais

Ibiúna
Hoje já tem a primeira aula da Universidade de Férias
Para quem não está no local da atividade, ainda é possível se juntar aos companheiros e participar do curso de forma mais ativa, fazendo perguntas e discutindo em grupo.
Rui numa análise política na 40ª Universidade de férias
Ibiúna
Hoje já tem a primeira aula da Universidade de Férias
Para quem não está no local da atividade, ainda é possível se juntar aos companheiros e participar do curso de forma mais ativa, fazendo perguntas e discutindo em grupo.
Foto: Arquivo DCO
Rui numa análise política na 40ª Universidade de férias
Foto: Arquivo DCO

Chegou a hora. Hoje começa o aguardado curso Fascismo: o que é e como combatê-lo, principal atividade de formação da 45ª Universidade de Férias da Aliança da Juventude Revolucionária, do PCO. Até o dia 25, Rui Costa Pimenta, presidente do partido, analisará o fenômeno do fascismo na França, Áustria, Portugal, Espanha e Japão. O tema é uma continuação do curso dado em janeiro do ano passado, quando foi analisado o problema do fascismo na Itália, Alemanha, Inglaterra e Brasil.

A primeira aula do curso, que acontece hoje e terá transmissão ao vivo pelo canal da Causa Operária TV no YouTube será sobre o fascismo na França. O caso francês é especialmente relevante para a compreensão do problema da frente ampla como forma de combater o fascismo, e as limitações dessa política e como essa política pode levar os trabalhadores à derrota diante do fascismo.

Como em todos os assuntos abordados durante o curso, a análise do problema do desenvolvimento do fascismo na França ao longo dos anos 1930 e a forma como ele foi enfrentado então permite uma avaliação hoje, diante de situações que se desenvolvem hoje, de determinadas políticas fracassadas no passado que voltam a se apresentar atualmente. Portanto, não deixe de assistir à aula de hoje, mesmo que não esteja presente no acampamento.

Para quem não está no local da atividade, ainda é possível se juntar aos companheiros e militantes em Ibiúna e participar do curso de forma mais ativa, com a possibilidade de fazer perguntas, participar dos grupos de discussões e, também, das atividades de lazer, fortalecendo-se assim os laços entre aqueles que lutam contra a direita golpista.

Dessa vez, também é possível acompanhar o curso da Universidade de Férias com o apoio de um amplo acervo do sítio da Universidade Marxista, que inclui textos, traduções inéditas, fotos, filmes, verbetes sobre personagens e locais, cronologias etc. Para assinar a Universidade Marxista e ter acesso a esse acervo, relativo a esse curso e a cursos anteriores (e também os próximos, à medida em que sejam realizados), basta acessar o sítio www.universidademarxista.com.br.

Pelo mesmo sítio é possível também se inscrever para participar presencialmente. Ainda dá tempo. Todos à Universidade de Férias!