“Acordo do século”
É a vez do povo brasileiros demonstrar novamente seu apoio à libertação da Palestina e do Oriente Médio do jugo imperialista
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
1e008fc2-fce4-4070-bbd5-29edd21a6e63
Ato será na Avenida Paulista, palco tradicional de atos anti-imperialistas. Foto: divulgação |

Da redação – Nesta quinta-feira (06), às 17h30, movimentos populares anti-imperialistas de São Paulo realizarão um ato contra o chamado “Acordo do século” entre Israel e Palestina, que… não contou com a presença e muito menos o consenso da Palestina, e sim dos Estados Unidos.

O ato ocorrerá no Museu de Arte de São Paulo (MASP), na Avenida Paulista, tradicional local de manifestações populares e de solidariedade aos povos oprimidos de todo o mundo.

O “Acordo do século” prevê a suposta criação de dois Estados, um israelense e um palestino. Entretanto, essa criação não passa de mera propaganda demagógica do imperialismo, uma vez que, na sua essência, é um mecanismo para submeter de uma vez por todas a autodeterminação do povo palestino e entregar seu território ao Estado artificial de Israel.

Os palestinos não teriam direitos e seriam comandados pela vontade israelense, de maneira oficial, conforme o “acordo”. Isso foi denunciado pelo povo palestino e por Mahmoud Abbas, chefe da Autoridade Palestina. O mais bizarro nesse acordo é que ele foi feito entre Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro sionista, e Donald Trump, presidente dos… Estados Unidos.

A Palestina não esteve representada nas reuniões e, em seu lugar, estava o imperialismo norte-americano, que nada tem a ver com os assuntos da região, demonstrando mais uma vez a interferência ilegal na soberania palestina.

O acordo foi rapidamente repudiado pela população oprimida da Palestina, com grandes manifestações, que foram, como sempre, brutalmente reprimidas pela ditadura israelense. Os demais povos árabes também prestaram seu apoio à causa palestina e hoje é a vez do povo brasileiro demonstrar que está ao lado da luta legítima pela libertação da Palestina e de todo o Oriente Médio do jugo imperialista.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas