Hoje, às 17h: todos ao primeiro ato contra o aumento da passagem em SP e pelo ”Fora, Dória”

fora doria(1)

Da redação – Hoje, dia 10 de janeiro está marcado o primeiro ato de luta contra o aumento da passagem de transporte em São Paulo. O ato ocorrerá na praça Ramos de Azevedo, próximo ao teatro municipal às 17:00.

https://www.facebook.com/events/221726225406743/

O aumento nas tarifas de transporte público coletivo na cidade e no estado de São Paulo, anunciado pela dupla tucana Dória-Alckmin, além de reduzir as cotas do passe estudantil e aumentar o valor do bilhete único mensal de R$ 140,00 para R$ 190,00, e do bilhete integração de R$ 260,00 para R$ 300,00, no ano de 2017, a gestão peessedebista decidiu, agora no começo de 2018, elevar o valor das passagens unitárias de ônibus, metrô e trens da CPTM, de R$ 3,80 para R$ 4,00.

Diante da situação, o MPL registrou em sua rede social que “Movimentar-se pela cidade, algo pelo qual não deveríamos ter que pagar, agora vai custar R$ 4 – e para quem pega metrô e ônibus, vai para R$ 6. Nas linhas do EMTU, mais ainda!”.

É importante a participação da esquerda destes atos populares por conta do assédio da direita, da violência da extrema-direita e por conta do que vimos no período anterior, onde grupos financiados pelos EUA, captaram insatisfação, manipularam pelas redes sociais dentro do próprio golpe de Estado e aumentaram sua influência política, como o MBL.