Hoje, todos às ruas da Bahia pelo Fora Bolsonaro

bolso

Na manhã de hoje, o presidente ilegítimo Jair Bolsonaro estará no Centro-sul do Estado da Bahia. O motivo de sua viagem é a inauguração do Aeroporto Glauber Rocha, localizado na cidade de Vitória da Conquista.

O evento deverá contar com a presença de menos de 300 pessoas, todas elas convidadas pelo próprio Jair Bolsonaro e pelo prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão Pereira (MDB). Nas vésperas da inauguração, o Gusmão Pereira ordenou que tirassem placas de outdoors instaladas pelo Governo da Bahia, que tinham como o objetivo anunciar a inauguração do aeroporto.

A retirada das placas é uma clara provocação do prefeito de Vitória da Conquista à esquerda. O atual governador da Bahia é filiado ao Partido dos Trabalhadores, o que motivou Gusmão Pereira, que é bolsonarista, a tentar apagar qualquer vínculo da obra com o Governo.

O que está sendo armado para a inauguração de hoje é um verdadeiro circo bolsonarista. Impopular e mergulhado em uma crise profunda, Bolsonaro só aceitou vir para a Bahia com a condição de participar de um evento completamente controlado.

Nem mesmo o governador da Bahia, Rui Costa, que já participou de outros eventos com Bolsonaro e já se mostrou disposto a colaborar com seu governo, irá participar da inauguração do aeroporto. Disse Costa: “a medida anunciada é excluir o povo da inauguração, fazer uma inauguração restrita a poucas pessoas, escolhidas a dedo como se fosse uma convenção político-partidária. Não posso concordar com isso. Por isso, não vou comparecer à inauguração do aeroporto que o povo da Bahia construiu, que o Governo do Estado construiu”.

Os trabalhadores de Vitória da Conquista e da região não devem aceitar de braços cruzados que Bolsonaro venha inaugurar um aeroporto para fazer demagogia. O medo de abrir o evento à população só mostra o quanto o governo Bolsonaro é inimigo do povo. Por isso, é necessário aproveitar sua vinda para intensificar a campanha pela derrubada do governo. Hoje, todos às ruas da Bahia: fora Bolsonaro e todos os golpistas!