Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
raul-escobar-poblete
|

Da redação – O governo do México, do direitista Enrique Peña Nieto – que dará lugar no domingo ao seu sucessor na presidência, Andrés Manuel López Obrador – anunciou que vai extraditar de volta para o Chile o ex-guerrilheiro Raúl Escobar.

Escobar, que era membro da Frente Patriótica Manuel Rodríguez, é acusado de assassinar, em 1991, o então senador Jaime Guzmán, que foi dirigente político da ditadura militar de Augusto Pinochet no Chile (1973-1990), uma das mais sangrentas ditaduras já vistas na América Latina.

O ex-guerrilheiro estava no México, onde foi detido no ano passado.

Com o tratado de extradição entre os dois países, Escobar será enviado de volta ao Chile. É bom lembrar que o atual governo chileno, do presidente Sebastián Piñera, é um governo de extrema-direita, seguidor da política neoliberal de Pinochet e que tem muitos simpatizantes da ditadura.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas