Haddad vai à Justiça por Caixa 2 na campanha de Bolsonaro

brasil-bolsonaro-haddad

Da redação – Fernando Haddad, candidato do PT à presidência, denunciou Bolsonaro por fabricar notícias falsas e espalhá-las por Whatsapp com dinheiro de Caixa 2 de empresários corruptos. O Partido dos Trabalhadores quer levar o caso à justiça.

A acusação teve como base reportagem da golpista Folha de S. Paulo publicada nesta quinta-feira, na qual há esquema de “disparada” de mensagens por internet no valor de R$ 12 milhões em contratos. Ainda de acordo com o jornal burguês esses pagamentos podem configurar doação ilegal à campanha, já que não foram declarados e beneficiariam presidenciável do Partido Social Liberal (PSL).

“Nós vamos à Justiça Eleitoral impedir o candidato Jair Bolsonaro de continuar a agredir a democracia como ele fez a vida inteira. Fazer conluio com dinheiro público para impedir vontade popular é crime”, disse Haddad em entrevista à rádio Tupi.

Para o petista esse caso é grave e sua investigação e punição deveriam impugnar a candidatura de Bolsonaro. Nas palavras de Haddad: “um escândalo de proporções avassaladoras e poderia ensejar impugnação da candidatura com chamamento do terceiro candidato para disputar o segundo turno.”

“Meu adversário está usando crime eleitoral para obter vantagem. Ele que dizia que faz a campanha mais pobre foi desmentido hoje. Ele faz a campanha mais rica do país com dinheiro sujo”, escreveu também no Twitter o candidato do PT.

O Partido Democrático Trabalhista (PDT) quer pedir a nulidade das eleições, baseado na denúncia. Vamos ver se os paladinos da justiça irão acolher essa denúncia grave. Se fosse uma denúncia contra qualquer segmento da esquerda seria acolhida com rapidez, mas como esses tribunais são totalmente controlados pela direita, certamente o que não irá ocorrer é uma vantagem para a esquerda.