Lava Jato
O ex-prefeito e candidato à presidência afirma não ver problema com a operação Lava a Jato, só com Moro e os procuradores de Curitiba.
Fernando Haddad participa da sabatina SBT/Folha de S.Paulo/UOL nesta segunda-feira (17) em São Paulo. #HaddadPresidente Fotos: Ricardo Stuckert
É preciso entender que a Lava Jato de conjunto é uma operação fraudulenta | Foto por: reprodução.
Fernando Haddad participa da sabatina SBT/Folha de S.Paulo/UOL nesta segunda-feira (17) em São Paulo. #HaddadPresidente Fotos: Ricardo Stuckert
É preciso entender que a Lava Jato de conjunto é uma operação fraudulenta | Foto por: reprodução.

O ex-candidato prefeito de São Paulo e candidato à presidência em 2018, Fernando Haddad, afirmou não ser contra a operação Lava a Jato, mas sim a operação de Curitiba.

Haddad afirmou “Na verdade o que está sendo questionado não é a Lava Jato, é a força-tarefa de Curitiba. Gosto de lembrar que Lula jamais arguiu a parcialidade de um outro juiz que não Sergio Moro. Lula já foi julgado N vezes, várias ações fora de Curitiba e nunca arguiu a parcialidade de um juiz, só do Sergio Moro”.

Entretanto, é preciso entender que a Lava Jato foi produzida com o único e exato objetivo de prender Lula e destruir o PT e a economia nacional. Moro é seu principal expoente, mas toda a operação, de conjunto, é uma farsa montada não contra a corrupção nem de modo imparcial, e sim como arma política da direita e do imperialismo.

Justamente por isso é de vital importância e está colocada na ordem do dia a necessidade de anulação de todos os processos contra Lula e contra todas as vítimas da Lava Jato e a sua completa extinção.

Relacionadas
Send this to a friend