Cultura popular
Um dos eternos nomes cultura musical brasileira que merece ser lembrado.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
whatsapp-image-2019-08-01-at-12.16.44
Exposição sobre Zequinha de Abreu, em 2019 | Fernanda Ribeiro/EPTV

Nascido em Santa Rita do Passa Quatro, no Estado de São Paulo, um dos oito filhos de  José Alacrino de Abreu e de Justina Gomes Leitão,  José Gomes de Abreu, popularmente conhecido como Zequinha, é um o criador de grandes obras musicais. Sururu na cidade, Tardes de Lindóia, Não me toques e Amando sobre o mar são algumas de suas principais composições.

Ainda quem assistiu os filmes americanos Kansas City Kity, Alô Amigos, Escola de Sereias, Copacabana e A Filha do Comandante, todos da década de 1940, ouviu um dos seus maiores sucessos: Tico-Tico no Fubá, amplamente conhecido, sobretudo, pela interpretação de Carmen Miranda.

O desejo de seu pai era que ele seguisse uma carreira médica (seu pai era farmacêutico); o de sua mãe, que ele fosse padre. Contudo, desde os seis anos já mostrava que sua vocação era a música.

Estudou, ainda na infância, com nomes como Dionísio Machado e José Inácio; piano com José Pinto Tavares e Padre Juvenal Kelly. Torna-se servidor público (em 1909 foi nomeado secretário administrativo na Câmara Municipal de Santa Rita), mas ainda mantém suas atividades musicais de regente, compositor, arranjador, assim como de professor de piano, o que, de certa forma, colaborava para sua vulgarização em uma época em que esse instrumento era um signo da estética musical burguesa.

A partir de 1920, já na capital paulista, passa a transitar com mais sucesso nos bailes, casas dançantes e festas, apresenta-se em cafés, divulga suas criações, até que em 1923 é convidado a fazer participações na Rádio Educadora Paulista. Tornou-se pianista da Casa Beethoven, compositor da editora Irmãos Vitale, onde fecha um contrato e passa a compor cerca de uma música por mês.

Com 25 músicos, em 1933, é criada Banda Zequinha de Abreu.

Zequinha nasceu em 19 de setembro de 1880: há 140 anos nasceu um dos eternos nomes cultura musical brasileira que merece ser lembrado.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas