Economia
Paulo Guedes deixou claro que na visão do governo Bolsonaro não haverá prorrogação do auxílio emergencial.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
paulo-guedes-2019
Chicago Boy Paulo Guedes, homem dos bancos no governo federal. | Reprodução.

O ministro da Economia Paulo Guedes afirmou, em evento virtual promovido por uma agência de investimentos nesta terça-feira (23), que o governo não considera a prorrogação do auxílio emergencial para 2021.

O Brasil experimenta o maior índice de desemprego da história, com mais da metade da população sem qualquer perspectiva de vida. Apesar disso, Guedes considera que a economia “está voltando forte” e a pandemia em declínio.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas