América Latina
Dois dos terroristas que tentaram invadir a Venezuela no último domingo são membros da guarda de segurança pessoal de Donald Trump
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Washington DC 22 04 2020 O presidente Donald J. Trump discursa na cerimônia de plantio de árvores em homenagem ao Dia da Terra e do Arbor, quarta-feira, 22 de abril de 2020, no gramado sul da Casa Branca. (Foto oficial da Casa Branca por Andrea Hanks)
Foto oficial da Casa Branca por Andrea Hanks |

Da redação – Segundo um dos mercenários Colombianos que tentaram invadir a Venezuela com lanchas de alta velocidade recentemente, dois norte-americanos que estavam em meio aos invasores eram membros da guarda de segurança do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Seus nomes são Luke Denman e Airan Barry.

Nicolás Maduro, em sua conta do Twitter, confirmou o que foi dito por um dos presos na operação. Também circula um vídeo na internet em que o próprio preso admite a participação dos seguranças de Trump na tentativa frustrada de invasão.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Relacionadas