Gritar “Fora Bolsonaro! Liberdade para Lula! Eleições gerais!” com todo o peso nas manifestações!

faixa fora bolsonaro

As manifestações do dia 15 e 30 de maio em defesa da Educação agravaram ainda mais a crise dentro do governo ilegítimo de Bolsonaro. A duas enormes manifestações que chegaram a colocar mais de um milhão de pessoas nas ruas em todo o País revelaram uma enorme tendência de mobilização da população contra os ataques realizados pelo governo Bolsonaro.

Uma característica em comum destes dois atos foi o grito de fora Bolsonaro em praticamente todos os atos, apesar de convocados em defesa da educação. Na greve geral não deve ser diferente. Os vazamentos divulgados comprovando a farsa do julgamento de Lula e a evidente perseguição política agravou ainda mais essa situação e comprovaram a grande fraude eleitoral para colocar o fascista Bolsonaro na presidência.

Ficou evidente de que não há apoio entre a grande maioria da população ao governo e que a greve geral desse dia 14 de junho pode ser muito grande e ser um ensaio geral para uma greve geral da classe trabalhadora por tempo indeterminado até a derrubada de Bolsonaro.

O grito fora Bolsonaro é uma forma de unificar todas as reivindicações de setores da sociedade como indígenas, sem-terra, trabalhadores da cidade, estudantes, aposentados e a população pobre em geral contra os ataques realizados pela extrema direita que governa o país contra todos.

Hoje lutamos pela Previdência, amanhã pela Educação, depois contra a privatização e por assim vai. As grandes manifestações recentes mostraram que o que unificou foi o Fora Bolsonaro contra todos esses ataques.

Por isso, é preciso estimular e acentuar o desenvolvimento do Fora Bolsonaro nas manifestações e entre os trabalhadores. A farsa da prisão de Lula revelada nos áudios do golpista Sérgio Moro deve acirrar ainda mais o movimento pela liberdade de Lula e novas eleições.

Por isso, o grito nas manifestações deve ser “Fora Bolsonaro! Liberdade para Lula! Eleições gerais! Lula candidato”