Grevista de fome desmaia no retorno à porta do STF, ministros que não os recebem são os culpados

BRAZIL-ELECTION-LULA-DEMO

Da redação – Uma manifestante em greve de fome – dos 7 ativistas -, Zonália Santos, desmaiou após ato na Praça dos Três Poderes, em Brasília (DF), na noite desta terça-feira (21). Os ativistas declararam estarem “mobilizados até as últimas consequências” para pressionar a golpista Cármen Lúcia a colocar em votação as Ações Declaratórias de Constitucionalidade (ADCs) que tratam da questão de todos os presos em segunda instância brasileiros, tendo como a maior figura Luiz Inácio Lula da Silva. Porém, um dos ativistas, Richard Faulhaber, após sintomas sérios de fraqueza, estresse emocional, alimentar, e por conta de sua idade mais avançada teve que deixar esse tipo de luta válida contra o golpe.

Zonália Santos recebeu os primeiros socorros ainda em frente ao STF pelos médicos e médicas da equipe de saúde da Greve de Fome por Justiça no STF, sendo levada pelo SAMU a um hospital de Brasília. A culpa do que acontece com os grevistas são os ministros do STF, que não recebem os grevistas como Zonália Santos, militante do Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA).

Alexandre Conceição, da direção nacional do MST, afirmou sobre os ativistas restantes, que “a greve vai seguir, e cada dia mais com risco de saúde e risco de vida já iminente. A gente responsabiliza por isso a Cármen Lúcia e o STF”.