Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
unicampstu
|

O reitor da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), junto aos demais reitores da Unesp (Universidade Estadual Paulista) e USP (Universidade de São Paulo), encontram-se encurralados pela início do movimento de greve generalizado do ensino superior público do Estado de São Paulo. Por isso, estão buscando todas as formas possíveis para evitar que isso ocorra.

A greve dos caminhoneiros foi utilizada para esvaziar a comunidade acadêmica, que não foi ao campus devido a suspensão das aulas nesta semana. A greve dos caminhoneiros parece ter arrefecido e as aulas voltam na segunda-feira do dia 03, colocando esta semana em um calendário de assembleias em todas as unidades.

Assim, uma das manobras utilizada pelos reitores é fazer negociações separadas para que consigam isolar a greve e enfraquecê-la. Na Unicamp, o Sindicato dos Trabalhadores da Unicamp (STU), responsável por representar os funcionários da instituição, em conjunto com os estudantes impediu na manhã do dia 29 de maio a reunião do Consu (Conselho Universitário), que busca aprovar o reajuste de 1,5% para a instituição, buscando apagar o foco local de greve.

As discussões sobre reajustes e políticas que as instituições universitárias fazem em São Paulo se dá historicamente no CRUESP, que é o órgão que busca manter a isonomia entre as instituições através de uma discussão unificada.

Como a situação é muito crítica, a burocracia universitária está evitando a todo custo um movimento unificado, mesmo que este movimento tenda a não se unificar com a luta geral contra o golpe, a crise é total e abre espaço para um movimento fortíssimo. A greve na Unicamp continua e tende a ser muito forte.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas