Greve geral política em defesa de Lula

lula_curitiba

É cada vez menos crível que as instituições do regime golpista operem no sentido de garantir que Lula, mesmo vítima de condenação injusta, seja libertado para recolher os votos que as pesquisas até agora apontam como dele.

Nesse sentido, é preciso intensificar mais ainda a luta por meio de uma greve geral política pela libertação imediata do ex-presidente.  A CUT não deve se esquivar da responsabilidade histórica de chamar essa greve, conforme explicitado pelo companheiro Rui Costa Pimenta em entrevista ao 247:  “A direção da CUT deveria colocar na ordem do dia uma greve geral pela libertação de Lula”.

Também com o mesmo objetivo é necessário mobilizar toda a militância do país (partidos, sindicatos, movimentos sociais e trabalhadores em geral) para promover em Curitiba um gigantesco e histórico protesto de primeiro de maio, o dia do trabalhador.

A luta pela libertação de Lula é uma grande oportunidade para colocarmos em xeque o golpe de estado que abriu o país a pilhagem do imperialismo.

Liberdade para Lula

Todos ao 1o. de maio em Curitiba