Siga o DCO nas redes sociais

Desmonte da Educação
Greve dos professores municipais de Juiz de Fora
Os professores municipais, como os diversos trabalhadores em educação estão sendo massacrados pelo governo golpista de Bolsonaro, por isso, começaram uma greve na última quarta
0b26887b-d673-472d-a4f5-ab738c276a97-1024x890
Desmonte da Educação
Greve dos professores municipais de Juiz de Fora
Os professores municipais, como os diversos trabalhadores em educação estão sendo massacrados pelo governo golpista de Bolsonaro, por isso, começaram uma greve na última quarta
Assembleia dos professores de Juiz de Fora: deputado Betão (PT)
0b26887b-d673-472d-a4f5-ab738c276a97-1024x890
Assembleia dos professores de Juiz de Fora: deputado Betão (PT)

Nessa quarta-feira dia 19 de fevereiro os professores a rede municipal de Juiz de Fora em assembleia, no Sindicato de Medicina, iniciaram uma greve por tempo indeterminado. A paralisação conta com 74% dos docentes, segundo dados do Sindicato de Professores de Juiz de Fora (Sinpro-JF). A rede municipal de Juiz de Fora (MG) tem cerca de 40 mil alunos em 101 escolas.

A principal reivindicação da greve é contra um concurso público que será encaminhado à Câmara Municipal e que altera diversos pontos da carreira do magistério. Uma delas é o aumento da carga horária semanal de 20 horas para 30 horas. É o reajuste salarial.

Em vários estados uma das mobilizações mais importantes que vem ocorrendo é a dos professores da rede pública, que vem enfrentando a política de destruição do ensino público perpetrada pelo governo golpista de Jair Bolsonaro e seus comparsas.

Os professores se movimentam em diversos estados e municípios, como  estados de Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Piauí, Bahia, entre outros, alguns  já paralisados ou em estado de greve, com indicativo de paralisação para os próximos dias.

Somente a mobilização de todos os trabalhadores com uma greve política, que peça o fim do governo golpista de Jair Bolsonaro e todos os golpistas, pode conquistar as reivindicações específicas dos professores.