COTV
Mais de 8 mil petroleiros em 20 bases operacionais de 11 estados estão paralisados
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
EP3f7cmXkCAIcDP
Manifestação hoje no prédio da Petrobras no RJ. Foto: FUP/Twitter |

Da redação – A Causa Operária TV acaba de exibir um programa especial de acompanhamento da greve dos petroleiros, que ocorre desde sábado (01) e já atinge 20 bases operacionais da Petrobras em 11 estados do País.

O programa entrevistou os diretores da Federação Única dos Petroleiros (FUP) que ocupam o prédio da Petrobras no Rio de Janeiro desde a noite de sexta-feira, a fim de garantir que a empresa respeite o acordo coletivo.

A greve se iniciou no sábado por tempo indeterminado devido ao fechamento e demissão de mais de mil trabalhadores da Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados do Paraná (FAFEN-PR), anunciada na metade de janeiro. No dia 21, a unidade foi ocupada pelos petroleiros que lá trabalham, para garantir a manutenção de seus empregos.

Desde então, diversas assembleias a nível nacional têm sido realizadas para aprovar a paralisação em solidariedade aos petroleiros da FAFEN-PR e contra as demissões e privatização da Petrobras pelo governo ilegítimo do fascista Jair Bolsonaro, que ataca os trabalhadores brutalmente para entregar de mão beijada a companhia nacional aos grandes monopólios petrolíferos imperialistas.

Mais de 8 mil petroleiros já cruzaram os braços e hoje há manifestações desde cedo em várias cidades do País. Também há muita repressão. Os dirigentes da FUP sofreram o corte de água e energia por parte da Petrobras no prédio da empresa – ainda no final de semana, a Justiça do Trabalho mandou restabelecer o fornecimento. Ainda no Rio de Janeiro, a Refinaria Duque de Caxias amanheceu cercada por mais de 120 PMs para a repressão dos grevistas, enquanto que, em Betim (MG), 37 petroleiros da Regap foram mantidos em cativeiro desde a noite de sexta-feira até a manhã de hoje para que não participassem da greve.

Assista ao programa e à entrevista, e acompanhe o desdobramento da greve no Resumo do Dia, que vai ao ar às 20h30 na Causa Operária TV:

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas