Greve dos metalúrgicos da Mercedes continua

2018516163613

Os metalúrgicos da montadora Mercedes, em São Bernardo do Campo (SP), em assembleia na sexta-feira (18), decidiram continuar a greve, rejeitando a proposta da empresa.

A proposta da empresa eram as seguintes: reposição salarial pelo INPC para todos os trabalhadores, na data-base, mais abono, PLR paga em duas parcelas, sendo 65% no final de maio e o restante em dezembro, renovação das cláusulas sociais, discussão com o Sindicato antes de aplicação de qualquer medida da reforma Trabalhista, a não redução de salário e jornada dos mensalistas e compensação dos dias de greve.

A proposta foi rejeitada pela maioria de trabalhadores em assembleia, que devem realizar novas assembleias com a apresentação de nova proposta dos patrões.