Grêmio atropela adversário e coloca a mão na taça

O Grêmio sobrou nesta temporada de 2018 no campeonato gaúcho. Depois de figurar na zona de rebaixamento nas rodadas inicias, o time fez uma espetacular campanha de recuperação e chega à final como franco favorito à conquista do título.

O favoritismo do tricolor dos Pampas ficou ainda mais patente no domingo, quando enfiou uma senhora goleada no outro finalista, o Brasil de Pelotas, fazendo 4 x 0, na primeira partida que decidirá o campeão da temporada. Caso confirme o título, o Grêmio quebrará um jejum de oito anos sem conquistar o campeonato estadual.

O Brasil de Pelotas foi até Porto Alegre no intuito de pelo menos sobreviver à primeira partida, levando assim a decisão para os seus domínios, em Pelotas, no próximo domingo. O time do interior ainda resistiu bem no primeiro tempo, mas cedeu o gol de abertura do placar antes do apito de encerramento da primeira etapa. No segundo tempo, o naufrágio foi total. O time do técnico Renato Gaúcho impôs sua maior categoria e chegou aos quatro gols de forma segura, sem vacilação, impedindo qualquer reação do adversário. O “Xavante” precisará igualar o placar se quiser levar a decisão para os pênaltis ou fazer um placar superior a cinco gols de diferença para levantar a taça no tempo regulamentar. Missão impossível? Já se viu de tudo no futebol. Melhor aguardar.

Bahia sai na frente e leva vantagem para o segundo confronto

A decisão do campeonato baiano não apresentou surpresas, como vem ocorrendo há vários anos. Bahia e Vitória são – mais uma vez – os protagonistas de uma das maiores rivalidades do futebol nacional. A primeira partida das duas que estão previstas para decidir o campeão foi realizada no domingo, com o marcador assinalando 2 x 1 para o Bahia. A partida foi realizada na Fonte Nova que, como sempre, estava completamente lotada. O tricolor abriu dois a zero e, no cômputo geral, dominou boa parte dos noventa minutos.

O Vitória teve momentos de bom futebol também, chegando a descontar com um gol de Luan. O gol rubro-negro foi aos 12 minutos da etapa complementar e o Vitória poderia ter ido em busca do empate. Mas o time não mostrou o mesmo poderio ofensivo das partidas anteriores, principalmente porque o atacante e artilheiro Neilton não estava numa tarde muito inspirada. A partida de volta, no Barradão, está marcada para o próximo domingo. Estaremos conferindo.