Em alerta com os EUA
O ministro das Relações Exteriores da Venezuela, destacou que o “frustrado e agonizante” governo dos Estados Unidos não poderá impedir as eleições na Venezuela em 6 de dezembro
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Jorge-Arreaza
Jorge Arreaza, ministro das Relações Exteriores da Venezuela | Reprodução
Jorge-Arreaza
Jorge Arreaza, ministro das Relações Exteriores da Venezuela | Reprodução

Em comunicado emitido nessa segunda-feira, 1, Jorge Arreaza, ministro das Relações Exteriores da Venezuela, destacou que o “frustrado e agonizante” governo dos Estados Unidos não poderá impedir as eleições na Venezuela em 6 de dezembro. Segundo o documento, “nenhuma medida desesperada de um governo frustrado e agonizante impedirá o povo da Venezuela de ensinar uma nova lição ao mundo em 6 de dezembro, fortalecendo suas instituições democráticas e, assim, salvaguardando sua independência e soberania irrevogáveis”.

A declaração foi tornada pública em um tweet, onde o chanceler afirmou que, apesar das tentativas da Casa Branca de gerar “ansiedade” e atacar o funcionamento das instituições públicas por meio de diferentes variantes de bloqueio e perseguição com o objetivo de “isolar o país e criar dificuldades para a população venezuelana”, o Governo Bolivariano continuará dando profusas mostras de que não se “intimidará” com nenhuma ação, por mais perversa que seja, e saberá cumprir suas responsabilidades em qualquer cenário.

Como mencionado, no dia 6 de dezembro os venezuelanos irão às urnas para eleger os 277 deputados da Assembleia Nacional (AN), com maioria da oposição e desacatados desde 2016, embora sua função tenha sido substituída e desempenhada pela Assembleia Nacional Constituinte (ANC), criada em 2017.
Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas