Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
água
|

No dia 12 de dezembro de 2018, o governo uruguaio, por meio do Ministério de Habitação, Planejamento Territorial e Meio Ambiente (MVOTMA), concedeu uma autorização para que a empresa TRUST Administradora de Fondos de Inversión SA construa uma represa no departamento de Durazno. Essa é a primeira medida do governo uruguaio que se enquadra na nova Lei de Irrigação (N° 19.553), que foi denunciada por uma série de organizações como uma lei inconstitucional, uma vez que permite que investidores de fora da área rural gerenciem a água.

O local que será cedido à TRUST possui um aterro de 10 metros de altura e um reservatório capaz de irrigar mais de 700 hectares. Os principais acionistas da TRUST para o projeto são os argentinos Federico Huergo, Hugo Bunge Guerrico e Mariano Bunge Guerrico, seguidos por Gustavo Licandro Bosc, Gonzalo Alonso y Horacio Bonavía. Federico Huergo e Horacio Bonavía são listados nos Panama Papers como acionistas de empresas situadas nas Ilhas Virgens. Já o uruguaio Gustavo Licando foi Diretor Executivo da Associação de Bancos do Uruguai e Presidente do Banco Comercial.

Na prática, a concessão para a TRUST é mais um assalto descarado dos capitalistas aos trabalhadores da América Latina. Permitir que a empresa use as águas uruguaias para gerar um empreendimento comercial é um verdadeiro crime contra toda a população.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas